Aeromoça nacional: 3 pré-requisitos para trabalhar na área

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

aeromoça nacional

Os voos comerciais são sempre motivo de curiosidade. Afinal de contas, é uma estrutura gigantesca na qual várias coisas estão em jogo. Desde o sucesso da viagem dos passageiros, passando por burocracias legais, até a segurança durante todo o tempo. Nesse sentido, as comissárias de bordo são profissionais essenciais e também admiradas por muitos.

Mas o que exatamente é preciso para se tornar uma aeromoça nacional? Será que você tem o perfil para lidar com todas essas responsabilidades? Quais são os pré-requisitos para trabalhar na área?

Veja agora a resposta para todas essas perguntas num texto especial que preparamos.

1. O curso preparatório para comissário de voo

Para se tornar uma aeromoça nacional é preciso fazer um curso preparatório de comissário de voo. Ele envolve todos os conhecimentos necessários para exercer a profissão. Desde o funcionamento da aeronave, passando pelos procedimentos de voo, sobrevivência na selva, até postura, etiqueta e maquiagem para aeromoças.

Todo esse conteúdo é também muito importante para que o candidato seja aprovado no teste da ANAC. Mas também para que os alunos tenham mais chances de serem contratados. Por isso, existem também módulos educacionais que ajudam, inclusive, a montar um bom currículo.aeromoça nacional

2. A prova da ANAC para aeronautas

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) aplica uma prova para que os profissionais da aviação possam trabalhar na área. E não é diferente para a aeromoça nacional. Essa prova é composta por 80 questões divididas em quatro grupos de 20. Para ser aprovado é preciso acertar 70% das perguntas.

Todos os tópicos da prova são abordados pelos cursos preparatórios, por isso é tão importante estudar. Os quatro assuntos são: Emergência, Sobrevivência e Segurança, Primeiros Socorros e Saúde, além de Regulamentação da Profissão de Aeronauta e Conhecimentos Gerais de Aeronaves.

3. O perfil para ser aeromoça nacional

As aeromoças são conhecidas pelo bom humor e habilidade em recepcionar bem os viajantes. Por isso, é fundamental que as candidatas a esse emprego sejam boas em se relacionar com as pessoas, interagir com os colegas de profissão e também mediar conflitos que possam acontecer entre os passageiros. Também são muito conhecidas por estarem sempre muito bem arrumadas. Então é importante que a candidata à aeromoça nacional tenha esse tipo de cuidado consigo mesma.

Além desses requisitos para se tornar comissária de voo, é importante ter vontade de aprender. Não somente sobre a profissão em si e formas de sempre melhorar o seu trabalho, mas também novas línguas. Por mais que os voos sejam domésticos, saber se comunicar com estrangeiros é um grande diferencial e pode ser um caminho para a promoção.

Tornar-se uma aeromoça nacional é o sonho de muitas mulheres. Para que ele se torne realidade, é preciso conhecer a si mesma e saber entender de que forma a sua personalidade pode trabalhar ao seu favor. Também é fundamental buscar conhecimento em um curso preparatório para que possa ser aprovada na prova da ANAC. E, claro, ter prazer em servir os passageiros e ajudá-los a ter a melhor experiência possível em uma viagem.

Ficou animada para se tornar uma aeromoça nacional? Compartilhe as suas expectativas nos comentários!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×