Home » Artigos » Aprenda a Montar um Currículo Para o Setor da Aviação
f1ac8d4db31a66f2a27292c863cba347

Aprenda a Montar um Currículo Para o Setor da Aviação

A aviação é uma área que atrai muitas pessoas, e é possível ingressar nesse setor por meio de diversas profissões. De comissários de voo a pilotos, passando pelos agentes de aeroporto, são diversos os cargos e perfis de profissionais procurados pela empresas aéreas. Vale lembrar que todas essas carreiras exigem uma formação específica. Por isso, fique atento, conheça os cursos do CEAB e esteja bem preparado para o mercado de trabalho.

Todas são profissões exigentes, que demandam estudos e dedicação. Especialmente no caso de comissários de bordo, o setor da aviação pode ser bem competitivo. A boa remuneração, as ótimas vantagens e as possibilidades reais de ascender na carreira são atrativos que levam muita gente a tentar um lugar nas companhias aéreas.

Para isso, o primeiro passo para ingressar na área é ter em mãos um bom currículo. Se o ditado diz que a primeira impressão é a que fica, podemos considerar o currículo como uma pré-impressão. Nesse primeiro momento do processo seletivo, ele é a ferramenta que fará você se destacar dos outros candidatos. Sendo assim, é necessário que seu CV esteja bem apresentável e completo, aumentando, assim, as chances de despertar o interesse das companhias aéreas.

Pensando nisso, hoje trazemos algumas dicas para ajudar você a montar um currículo matador e se destacar logo de cara.

1. Apresentação Impecável

O cuidado e o jeito com que o currículo é feito dão mostras de como é o profissional. Um CV mal feito dificilmente valerá o tempo do recrutador. Por isso, busque montar um documento que seja simples, direto, agradável de ler e, sobretudo, sem erros gramaticais. Tenha cuidados em relação ao design. Não se trata de ser algo inovador, mas de ter cuidados básicos, como utilizar o mesmo tamanho de fonte para as mesmas seções do documento, destacar os subtítulos com negrito e manter a sobriedade na escolha das letras.

O importante é transmitir seriedade e objetividade, características desejáveis na profissão da aviação. Sendo assim, outra dica importante é tomar cuidado com o e-mail utilizado. Esqueça aquele endereço criado na adolescência. Crie um e-mail sério e profissional. Por fim, evite se auto-vangloriar. Não elogie a si mesmo. Procure destacar experiências prévias e cursos que sejam relevantes e que possam agregar ao seu futuro dentro da empresa.

2.Conheça Cada Companhia

Não saia distribuindo o mesmo currículo a torto e a direito. Tome um tempo para pesquisar sobre as preferências específicas de cada companhia aérea. Se necessário, crie uma versão diferente para cada uma. Esse processo é uma importante maneira de demonstrar interesse nos modos da empresa e pró-atividade em fazer o melhor trabalho. Um exemplo: enquanto grande parte das companhias se utiliza do termo ‘comissário de bordo’, há empresas que utilizam ‘aeromoça’. Esse pequeno detalhe pode fazer toda a diferença aos olhos do recrutador.

3.Destaque Seus Cursos

Assim como em outras profissões, quanto mais especializado for o profissional, melhor. Por isso, procure destacar quaisquer cursos ou certificações que possam agregar ao seu currículo. Claro, insira apenas aqueles que tragam algum benefício para a profissão desejada. No caso de comissário de bordo, por exemplo, cursos sobre atendimento ao público, gestão de crises, bem como diploma em outros idiomas são muito bem-vindos.

Apesar de não ser obrigatório, companhias aéreas nacionais consideram a fluência no inglês como um diferencial importante na hora de avaliar os candidatos. Já para empresas internacionais, a língua inglesa é requisito obrigatório. Quantos mais idiomas o profissional souber, melhor.

4.Capriche na Foto

Como já destacamos em outros conteúdos aqui no blog, a aparência é fundamental, especialmente para comissário de voo. E não estamos falando de beleza, mas de cuidados de asseio pessoal, característica essencial avaliada nos processos seletivos.

Anexe ou imprima uma foto sua no currículo. Não utilize qualquer imagem. Aqui, novamente a predisposição a fazer algo bem feito e o profissionalismo contam pontos. Se possível, vá a um estúdio e faça fotos com um profissional. As mulheres devem estar de cabelo preso, maquiagem discreta e impecável e roupa social. Já os homens devem estar de barba feita e cabelos bem cortados e trajados de terno e gravata.

O tamanho ideal da foto a ser anexada é 5x7cm. E fique atento: algumas empresas exigem diferentes imagens. A Emirates Airlines, por exemplo, exige fotos também de corpo inteiro, tanto com roupa social quanto com trajes mais casuais.

5. Faça uma Carta de Apresentação

Juntamente com o currículo, muitas companhias aéreas exigem que o candidato envie uma carta de apresentação. Nesse documento, devem constar as informações que não são necessárias no CV, mas que você considera pontos positivos para sua vida profissional. Experiências e aspirações, por exemplo, são aspectos que podem estar presentes nesse texto. E lembre-se: não elogie demais a si mesmo e seja objetivo e direto.

A seguir, confira alguns campos e dados que devem constar no seu currículo. Veja o modelo:

DADOS PESSOAIS

Adicione nome e endereço completos, com rua, bairro, CEP, telefone, e-mail e residência atual.

DETALHES PESSOAIS

Aqui, coloque sua altura, peso, cor de olhos e cabelos, além de naturalidade, estado civil e idade.

DOCUMENTOS

Importante constar todos os documentos relacionados ao setor aéreo, como CMA (Certificado Médico Aeronáutico), CCT (Certificado de Conhecimento Teórico da ANAC) e passaporte. Todos com data de validade ou aprovação.

OBJETIVOS

Insira o cargo a que deseja se candidatar.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

Aqui, descreva a escola e a cidade em que fez o curso específico para a profissão, bem como uma breve descrição. Exemplo: Técnico em comissário de voo, com aulas de sobrevivência e etiqueta.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Caso tenha alguma experiência prévia que possa agregar valor ao currículo, descreva-a aqui, detalhando cargo, nome da empresa, cidade e fazendo uma rápida descrição das funções exercidas.

IDIOMAS

Elenque os idiomas que você domina, separando os níveis de conhecimento em cada competência: leitura, escrita, fala e compreensão. Cite a escola de idiomas e o tempo de estudo em cada uma delas. Cursos e moradia em outros países também podem ser colocados aqui.

HABILIDADES

Insira suas principais habilidades que podem colaborar para seu futuro profissional no setor aéreo. Boa comunicação, facilidade de aprendizado etc.

VIAGENS

Coloque as cidades para onde você já viajou, tanto no Brasil quanto no exterior.

INTERESSES

Coloque alguns de seus interesses profissionais ou pessoais, como turismo, idiomas, cinema etc.

Sunrise above clouds from airplane window

O CEAB oferece cursos presenciais e a distância para a formação de comissários de voo e agentes de aeroporto. Fornecemos todo o suporte para a montagem de currículos e para preparação dos candidatos para as entrevistas, treinando os alunos com técnicas de apresentação, postura e outras ferramentas de comunicação fundamentais no mercado de trabalho.

Ficou interessado? Então acesse nosso site, baixe nossos materiais exclusivos e dê asas ao seu sonho de voar!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *