Início Artigos

Aviação comercial precisará de 814 mil novos tripulantes de cabine até 2035; veja previsões

422
América Latina precisará de 51.000 novos pilotos e tripulantes de cabine
13

Uma das principais influências da indústria mundial de aviação, a fabricante norte-americana Boeing divulgou suas previsões para os próximos 20 anos em relação ao mercado de trabalho nesta área.

O 2016 Pilot and Technician Outlook produzido pela empresa, projeta uma demanda superior a 1,5 milhão de pilotos e técnicos até 2035, isto imaginando a realidade e necessidade das companhias aéreas comerciais ao redor do planeta.

Entre os anos de 2016 e 2035, a indústria mundial de aviação vai precisar de cerca de 617.000 novos pilotos de aeronaves, 679.000 novos técnicos de aeronaves comerciais e 814.000 novos tripulantes de cabine.

Estes números fazem as previsões da Boeing para o setor crescerem consideravelmente, já que de 2015 para 2016 a necessidade por novos pilotos subiu 10,5%, enquanto a demanda por técnicos teve um aumento expressivo de 11.3%.

A crescente demanda por novos pilotos e técnicos pode ser explicada pelo alto número de encomendas e entregas de aeronaves que serão realizadas nos próximos 20 anos, além de uma mistura de modelos, marcas e tamanhos de aeronaves, que necessitam de profissionais especializados em cada área de atuação.

Se dividirmos por ano, serão necessários 31.000 novos pilotos, 35.000 novos técnicos e 40.000 novos tripulantes a cada 12 meses, com destaque para a região da Ásia-Pacífico que concentrará 40% de toda necessidade global por novos profissionais.

RegiãoNovos Pilotos
 Os Novos técnicos de manutenção
Veja Novos tripulantes de cabine
Ásia-Pacífico248.000268.000298.000
Europa104.000118.000169.000
América do Norte112.000127.000151.000
América Latina51.00050.00051.000
Oriente Médio58.00066.00092.000
África22.00024.00027.000
Rússia22.00026.00026.000

Fonte: Mercado e Eventos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 − dez =