Após os anos 2000, em que intensificaram os casos de terrorismo e suspeitas de casos dentro das aeronaves, gerando algumas preocupações, em como o comissário de voo irá proceder. Pois, mesmo por não serem com tanta frequência, por sempre sair na mídia, as companhias aéreas preza por comissário de voo que esteja qualificado com técnica antiterrorismo, para lidar com essas situações. Logo, é necessário acompanhar as mudanças do mundo e se atualizar para levar maior experiência aos passageiros.

Curso antiterrorismo para comissário de voo

Devido a grande demanda, a CEAB criou um curso sobre antiterrorismo para comissário de voo, além de incluir no curso de comissário de voo, desde então, disciplina que aborde sobre o tema. É necessário ter conhecimento para identificar um possível terrorista e saber conduzir a situação sem causar danos físicos a aeronave ou mesmo não traumatiza ou não constranger passageiros.

Técnicas para lidar com o antiterrorismo

O comissário de voo precisa ter sensibilidade e assertividade com alguns indícios como vestimentas, comportamentos ou assuntos fundamentalista ou posicionamento radical politicamente. Pois, uma passageiro com medo pode ter a mesma irritabilidade que um passageiro hostil. E cabe ao comissário de voo ter um preparo profissional, a ponto de saber diferenciar os casos e que saiba tomar medidas preventiva. Analisando os pontos fracos em segurança, atitudes e medidas em casos que há possibilidade de terrorismo, entender a linguagem corporal, para identificar e interpretar o suspeito é essencial no trabalho do comissário de voo.

seguranças-que-foram-chamados-pelo-comissário-de-voo
Seguranças que foram chamados pelo comissário de voo

Por não ter casos no Brasil, nossa aviação e até mesmo os comissários de voo não se mostravam preparados e, sendo que em mundo cada vez mais cosmopolita, ninguém está livre disso. Por isso, a CEAB inovou em criar um curso para gerenciar esse tipo de conflito, mas que atendesse, também, a realidade do Brasil. 

Neerja Bhanot, a comissária de voo que salvou vidas

 O intuito do curso não ser de criar super heróis. No entanto, uma aeromoça já salvou muita vidas, sendo a mais jovem pessoa e a primeira mulher a receber o prêmio Ashoka Chakra. A comissária Neerja, ao perceber uma movimentação estranha na aeronave, falou para o piloto e copiloto escaparem. A comissária que comandou as negociações com os terroristas por ser a comissária de voo mais experiente. Quando os terroristas queriam matar os passageiros norte-americanos, ela se arriscou recolhendo os passaportes de todos os passageiros. Aproveitando cada deslize dos terroristas, ela entregou aos passageiros próximos a saída de emergência uma revista com instruções de abrir as portas, possibilitando sua evacuação. Além de desligar o fornecimento de energia da aeronave. Narja teve diversas atitudes que deixaram os terroristas sem munição com o tempo, além de ter salvo várias vidas. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × um =