Início Notícias de Aviação

Companhia Emirates deverá trazer até 100 Pilotos de volta ao Trabalho

158

A Companhia Aérea Emirates prevê trazer até 100 pilotos de volta ao trabalho, onde são colocados em licença não remunerada por conta desta pandemia de covid-19.
Portanto, a maior parte deste profissionais da aviação estão sendo designados para atender a demanda de rotas mais movimentas e operadas por aeronaves Airbus A380.

Porém, esta movimentação surge mediante ao aquecimento do mercado de aviação de forma exponencial.
Entretanto, ocorre a redução de restrições de viagens aéreas impostas por países que tem objetivo de controlar a disseminação do coronavírus.
Mas, mediante a isso, vêm surgindo o avanço da imunização ao redor do mundo, que prioriza os cuidados de saúde e segurança para o setor de aviação e turismo.

Contudo, a taxa de ocupação dos voos da companhia aérea Emirates mantêm-se acima dos 70%, da qual vêm alcançando até 100% em destinos como Grécia, Malta, Tailândia e Rússia.

“Estamos limitados com o número de pilotos e o número de sessões de treinamento que podemos fazer em nosso simulador. Estamos muito cautelosos e monitorando de perto o desempenho dessas rotas. Se não houver grandes mudanças nos protocolos, continuaremos a crescer”, disse Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates.

Gostou desta notícia? Acesse o Canal CEAB NEWS e esteja por dentro das notícias do setor aéreo.
Caso tenha interesse em aprender mais sobre os termos técnicos da aviação, indicamos que você assista todos os vídeos do Canal Aeropedia do CEAB.

Que tal uma Entrevista sobre a Profissão de Pilotos?

Assista o vídeo do Canal Especial Profissões do CEAB e veja o bate-papo com a piloto Daniela Rodrigues. Saiba agora o que é necessário para se tornar piloto de linha aérea e qual a diferença entre o Comandante e Copiloto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here