Início Notícias de Aviação

Empresa Aérea Myanmar Airways Estreia Operações com Avião Embraer 190

167

O primeiro E190 da Myanmar Airways – Foto: Embraer

Nesta segunda-feira, 21 de dezembro, o primeiro avião Embraer E190 da Myanmar Airways International (MAI) entrou em operação.
No entanto, registros do site FligtRadar24 mostram que o avião já havia feito dois voos locais de teste em Yangon no dia 19 de dezembro.
Portanto, antes de iniciar a sequência de voos comerciais, operou quatro partidas no primeiro dia: ida e volta para Myeik e Sittwe.

Empresa Aérea Myanmar Airways Estreia Operações com Avião Embraer 190 3

Os voos do 1º E190 da Myanmar – Imagem: FlightRadar24

Segundo a Embraer, nesta terça-feira, 22 de dezembro, é informado que um segundo E190 está previsto para chegar dia 23 dezembro, onde a companhia aérea irá expandir suas rotas de voos, e incluir 9 destinos pelo país, substituindo a turboélice pela sua empresa irmã (Air KBZ).

Novo Contrato é Assinado pela MAI!

Os jatos não são novos de fábrica, mas, a MAI assinou um contrato para o Programa Pool de suporte com a Embraer.
Contudo, este programa oferece adesão de todos os operadores dos E-Jets na Ásia-Pacífico.
Neste caso, a fabricante brasileira se beneficia diretamente por causa dessa nova operadora, mesmo que não tenha vendido aviões novos.

De acordo com a estreia da Myanmar, são representados agora por quatro novos clientes de E-Jets na região, sem contar com a China, desde o início do ano de 2020.
“Nossos pilotos, atendentes de cabine (comissário de voo), área de manutenção e toda equipe estão orgulhosos em ter o E190 servindo nossos clientes com uma experiência de voo de qualidade”, disse Saravanan Ramasamy, CEO da MAI.

Operação do E190 oferece Expansão de Frota da MAI

Para a expansão de frota da MAI, a operação do E190 é importante, principalmente pelo fato de gerar um maior desenvolvimento das rotas domésticas.
“Com uma demanda crescente, estamos planejando aumentar a frequência de operação com o E190 para oito voos por dia”, complementa o CEO.

Contudo, em preparação para a operação do avião E190, oito pilotos da MAI acabaram passando por um mês de treinamento inicial, sendo feito em setembro de 2020 em Zguhai, na China.
Portanto, em paralelo, a empresa Embraer conduziu um curso para concessão de licença para os engenheiros da companhia aérea.

No entanto, o Programa Pool da Embraer comporta a cobertura de reparos para componentes e partes, incluindo manutenção estrutural e acesso ilimitado a um amplo estoque de componentes do centro de distribuição da companhia aérea.

Por conta disso, os operadores se beneficiam de uma queda significativa de custos com reparo e estoque.
Então, haverá redução na área necessária de armazenagem e recursos para gestão, onde garante os mais altos níveis de desempenho.
Em Singapura será localizado o principal centro de distribuição da Embraer, na região da Ásia-Pacífico.

Atualmente, aviões E-Jets voam nas frotas de mais de 80 clientes, operando cerca de 50 países.
Estas aeronaves comportam de 70 a 150 assentos, sendo representadas como companhias aéreas de baixo custo, bem como os operadores regionais e tradicionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × três =

Pular para a barra de ferramentas