Low Cost no Brasil: Conheça as Opções

low cost

Recentemente, a notícia de que a companhia aérea Low Cost Arajet iniciaria operações no Brasil no final de setembro, oferecendo voos de São Paulo para Santo Domingo, na República Dominicana, por três vezes por semana, gerou grande interesse entre os viajantes.

A promessa de passagens aéreas mais acessíveis do que as vendidas atualmente foi um ponto de destaque, mas a Arajet não é a única empresa aérea Low Cost no país.

O que é uma companhia aérea Low Cost?

Uma companhia aérea de baixo custo, ou “low cost”, é um tipo de empresa que oferece passagens aéreas a preços mais baixos, desagregando diversos serviços que são cobrados separadamente. Itens como despacho de bagagem e lanches a bordo são opcionais e pagos à parte pelo passageiro.

Companhias Aéreas operando no Brasil

JetSmart - Low Cost

As companhias aéreas a seguir oferecem em seus pacotes serviços Low Cost embora algumas não sejam empresas exclusivas do setor possuindo inclusive Primeira Classe e Executiva.

Sky Airline: A primeira companhia aérea de baixo custo estrangeira a operar no país, iniciando suas operações em 2018, vinda do Chile.

JetSmart Airlines: Autorizada pela ANAC em novembro de 2022 a operar voos internacionais regulares. Oferece voos para Santiago, entre outros destinos, com saídas de diversas cidades brasileiras.

Virgin Atlantic: Recebeu autorização em julho de 2023 para operar voos para Londres, com previsão de início em maio de 2024.

Flybondi: Uma companhia argentina que opera rotas entre o Rio de Janeiro e Buenos Aires, bem como São Paulo e Buenos Aires.

Air Europa: Com parceria com a Gol, a Air Europa opera em alguns trechos domésticos, enquanto as outras companhias focam em rotas internacionais, conectando cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre a destinos no exterior.

Air China: Embora tenha começado com voos ocasionais desde 2009 de São Paulo a Pequim, recentemente passou a operar essa rota regularmente.

Whatsapp - CEAB

A presença dessas companhias aéreas no mercado brasileiro traz a perspectiva de preços mais competitivos para os consumidores, à medida que outras companhias aéreas nacionais podem ser incentivadas a reduzir custos ou aprimorar seus serviços para competir.

Entretanto, é importante notar que, apesar do aumento de rotas oferecidas por empresas como Azul, Gol e Tam para o interior do Brasil, ainda não existe uma cobertura completa que permita aos passageiros escolherem com facilidade entre viagens de ônibus, avião ou carro particular.

A chegada e expansão das companhias aéreas Low Cost no Brasil representam uma oportunidade para os viajantes economizarem em suas viagens, mas também pressionam as companhias aéreas tradicionais a se adaptarem para continuar atraindo passageiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *