Home » Artigos » O que significam as faixas nos uniformes de pilotos e comissários de avião?
air-france-uniforme-2

O que significam as faixas nos uniformes de pilotos e comissários de avião?

Dentro de um aeroporto, os pilotos e comissários de bordo podem ser facilmente identificados entre os milhares de passageiros pelos uniformes que utilizam. Com um olhar um pouco mais atento, é possível saber, ainda, a função de cada membro da tripulação.

Os uniformes dos tripulantes contam com algumas faixas bordadas nas mangas do paletó e no ombro das camisas. É exatamente a quantidade de faixas que identifica a função de cada um.

Embora não exista uma regra formal para o uso das berimbelas (como é chamado tecnicamente esse adereço) na aviação civil internacional, elas tendem a seguir o mesmo padrão em diversos países. No entanto, algumas variações sempre podem acontecer.

Basicamente, a quantidade de faixas nos uniformes indica a hierarquia a bordo dos aviões. Quanto mais faixas, maior a responsabilidade.

Comissários de bordo

Na aviação comercial, o primeiro nível é dos comissários de bordo. Por isso, utilizam o uniforme com apenas uma faixa. No entanto, nem todos usam o adereço. Normalmente, por conta do design dos uniformes das mulheres, elas não utilizam nenhuma faixa.

No caso dos homens, na maior parte dos casos, eles utilizam o uniforme com uma faixa. Algumas companhias, porém, preferem deixar a vestimenta limpa, como é o caso da Gol, por exemplo.

Copilotos

Os copilotos podem utilizar uniformes com duas ou três faixas. Como não existe uma regra oficial, a escolha fica por conta da companhia aérea.

No Brasil, Avianca, Latam e Gol utilizam apenas duas faixas, enquanto a Azul adota o padrão de três faixas nos uniformes dos copilotos.

No exterior, o padrão mais adotado é com três faixas. Já nos aviões de menor porte, como a aviação executiva, o mais comum é encontrar o padrão de copilotos com duas faixas.

Comandantes

Autoridade máxima dentro do avião, os comandantes utilizam o uniforme com quatro faixas, exatamente para mostrar que ele está no grau mais elevado da carreira.

Em alguns casos, no entanto, é possível encontrar em um mesmo voo dois pilotos utilizando uniformes com quatro faixas. Isso significa que os dois já foram promovidos ao cargo de comandante.

Na prática, no entanto, um exercerá a função realmente de comandante do voo enquanto o outro terá a prerrogativa de copiloto. Em voos nacionais, essa combinação ocorre, principalmente, por questões logísticas da escala de voo.

Nos voos internacionais de longa distância, a presença de dois comandantes é necessária para haver um revezamento para descanso dos tripulantes durante o voo.

A história dos uniformes dos pilotos

A utilização das faixas nos uniformes dos tripulantes de voo teve início no começo dos anos de 1930 pela já extinta companhia aérea Pan Am. Até então, os pilotos utilizavam uniformes semelhantes aos que foram adotados por pilotos militares na Primeira Guerra Mundial.

Em 1931, a Pan Am deu início aos seus voos para a América do Sul utilizando os  aviões anfíbios dos modelos Sikorsky S-38, S-40 e S-42, conhecidos como American Clipper, Southern Clipper e Caribbean Clipper.

Para ter mais elegância e transmitir sensação de segurança aos passageiros que tinham medo de voar, a empresa adotou um novo uniforme inspirado nas vestimentas dos oficiais navais.

Durante muitos anos, os pilotos da Pan Am eram conhecidos como os mais elegantes da aviação. Boa parte dessa fama vinha exatamente por conta dos uniformes. Foi, assim, que as demais companhias aéreas ao redor do mundo passaram a adotar o mesmo estilo para apresentar seus tripulantes.

Fonte: Blog Todos a Bordo – http://todosabordo.blogosfera.uol.com.br/2016/12/10/o-que-significam-as-faixas-nos-uniformes-de-pilotos-e-comissarios-de-aviao/

Quer saber mais sobre a profissão de Comissário de Voo? Baixe o nosso Guia Completo da Profissão e conheça mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *