Qual a carga horária das aeromoças?

Carga horária de aeromoça
Aeromoça em voo internacional

Ser aeromoça ou fazer parte do mercado da aviação demanda flexibilidade e uma rotina de trabalho diferente do horário comercial que muitos estão acostumados. Conservar a saúde dos profissionais é prioridade para empresas, assim como nas companhias aéreas. Sendo assim, quando se fala em carga horária, pode modificar de acordo com as escalas.

Não apenas pela saúde, mas de acordo com a legislação brasileira, aeromoça não pode trabalhar mais de 80 horas. Esta margem é referente ao mês de trabalho (cerca de 11% do mês). Isso não significa que o tempo em solo não seja aproveitado para realizar outros trabalhos. 

A quantidade de horas para uma aeromoça que trabalha em voos nacionais é a mesma do que para os voos internacionais. Do mesmo modo para que não tenha a saúde afetada devida às condições nas quais são submetidas. Uma vez que as empresas de serviço aéreo contam com os médicos aeroespaciais para cuidar da saúde dos profissionais que trabalham no ar, todas as medidas e cuidados são tomados por eles, refletindo nas escalas.

Por que as aeromoças não podem voar mais que 80 horas mensais?

Pode parecer muito bonito e elegante todo o trabalho realizado dentro das aeronaves, mas esta é uma profissão de alto risco e que demanda profissionais com preparo físico condizente com a carga horárias e as condições. Isso se deve a pressurização da cabine, que modifica alguns aspectos fisiológicos da pessoa, além do ar extremamente seco, que afeta as vias aéreas.

Bem como a saúde, é importante entender como funciona as escalas de aeromoças e comissários. Para isso, nós separamos este vídeo feito pelo nosso Diretor Salmeron Cardoso, tirando todas as suas dúvidas.

Como as aeromoças se preparam para atuar nos aviões?

A Formação de Comissários e Aeromoças do CEAB atua em duas vertentes (teórica e prática) onde os futuros profissionais são treinados através de disciplinas como Aspectos Fisiológicos da Atividade de Comissário e Medicina Aeroespacial. Estes módulos ensinam os impactos que a profissão exerce, auxiliando-os na melhor forma de atuarem, sem que prejudique a saúde e a conciliação com a vida pessoal.


Ficou interessado e quer saber mais sobre o curso de comissário de bordo?
Entre em contato com um de nossos consultores via WhatsApp: (11) 99913-2464 ou pelo e-mail: contato@ceabbrasil.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here