Início Notícias de Aviação

Reaberturas de Fronteiras e Economia criam Expectativa Positiva para Ativos de Turismo e Aviação

137

Conforme a Reabertura Mundial pós quarentena, o Reaquecimento e Consumo refletem no Mercado de Ações

Consequentemente, os ativos correspondentes da área de turismo e aviação reagem positivamente, mesmo diante de um cenário desafiador de pandemia.

Por meio das dificuldades, os investidores estão atentos para implementação de novas aplicações a longo prazo.

Portanto, quem decidiu comprar as ações da Azul (AZUL4), CVC (CVCB3) ou Gol (GOLL4), após a sequência da desvalorização em meio ao anúncio da pandemia, poderá obter um lucro por volta de 275% em CVC, 260% na GOL e 130% em Azul.

Previsão positiva para o Setor de Turismo e Aviação

Devido a essa valorização da CVC, em 2020, o presidente da empresa acredita que poderá produzir apenas 50% do volume de venda do ano passado.

Porém, já existe cerca de 24% do volume realizado em relação ao mesmo período de 2019, sendo consideravelmente melhor do que a faixa apresentada em torno de 12% registrada no mês passado.

Por isso, houve diversas promoções que incentivaram as pessoas a realizaram compras de pacotes antecipados.

No mês de junho, a operadora de viagens brasileira CVC reabriu por volta de 1000 lojas, e deseja planejar a retomada com 100% das atividades.

Essa movimentação gera produtividade para a rede de hotelaria, companhias aéreas, bares, restaurantes e o setor de combustíveis.

Entenda sobre a Estratégia da Companhia Azul

A companhia Azul, acabou obtendo um lucro líquido da qual foi ajustado pela ordem de R$1 bi correspondente ao primeiro trimestre de 2020.

No primeiro trimestre de 2019, houve um contra lucro de mais de R$100 milhões.
Como estratégia de mercado, a empresa Azul reduziu salários de funcionários e da diretoria, havendo assim uma renegociação de pagamentos com extensão estabelecida por prazos.

Por meio deste, a companhia aérea Azul estabeleceu um ponto positivo, onde foi definido que grande parte dos vencimentos acabaram sendo concentrados para o ano de 2024.

Essa decisão promoveu boas condições para os funcionários, essa fator acabou sendo benéfico em momento de maior incerteza no ramo da aviação.

Ações do Setor de Turismo e Aviação estão em Ritmo Otimista

Segundo a Vale New, “Isso tudo é economia real, mas falando de bolsa de valores, as principais ações do setor já recuperaram aproximadamente 50% do movimento de queda nas últimas semanas. Enquanto toda a nossa bolsa segue o ritmo de otimismo internacional com o aumento das expectativas de reabertura, chegando a mais de 94 mil pontos. ”explicou Willian Sávio.

A esperança surge em relação a redução de novos casos do vírus, por isso, a reabertura dos comércios e fronteiras estabelecem um onda de bom humor para os mercados internacionais, e consequentemente para o ramo do turismo e aviação civil.

Governos Injetam Dinheiro para Conter os Efeitos da Pandemia

“Um ponto importante é a enxurrada de liquidez que estamos vendo por parte dos bancos centrais em todo o mundo. Enquanto empresas e pessoas passam por apertos de caixa, redução de receitas e aumento de endividamento, os governos injetam dinheiro diretamente na veia de negócios e famílias. Segundo o FMI, já foram gastos mais de US$10 trilhões em esforços para a contenção dos efeitos da pandemia” disse Sávio.

Outro fator que deve ser levado em consideração, é que a contribuição para o interesse nas ações de turismo e aviação ao longo prazo, deve-se a taxa de juros, ou seja, está em diversos países com níveis baixos.

Portanto, no Brasil, de 14,25% em 2015 para 2,25% em junho de 2020, a poupança passou a render 1,57% ao ano, enquanto a inflação projetada é de 1,6% para 2020.

No Japão, há 20 anos atras havia juros reais negativos, portanto, ainda hoje existe um total que refere-se a 15 trilhões de dólares em títulos com juros real abaixo de zero.
Através disso, ocorre a abertura de espaço para investidores estrangeiros, contudo, as buscas surgem pelo fato de desejaram incrementar a carteira de investimentos em mercados emergentes.

Investidores Estrangeiros apostam na Alta da Bolsa

“Podemos observar esse movimento quando olhamos o fluxo estrangeiro na Bolsa Brasileira. Apesar de estarem negativos no ano, no mês de junho esse fluxo já se mostra levemente positivo, o que significa que nas semanas mais recentes há mais investidores estrangeiros apostando na alta da Bolsa do que na baixa.

Não podemos dizer se esse movimento veio para ficar, visto o tamanho das incertezas que ainda temos no país, mas é um ponto para ficar de olho antes da tomada de decisão em quais ativos investir”, finalizou o assessor da Plátano Investimentos.

Fonte: Plátano Investimentos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove − 13 =