Com as reformas e concessões dos aeroportos brasileiros à iniciativa privada e o aumento do número de passageiros nos terminais do país, é natural que haja um crescimento no número de vagas de emprego no setor. Com uma estimativa de criação de mais de 600 mil cargos no períodos entre 2012 e 2020, o período é ideal para quem deseja seguir uma carreira ligada à aviação.

Dentre todas essas vagas, uma das com maior procura é a de agente de aeroporto. Assim como a tripulação que comanda os voos, toda companhia aérea conta com a tripulação de terra, que realiza uma série de tarefas essenciais para que todo o processo, da recepção do passageiro à decolagem do voo, aconteça com eficiência e normalidade.

O cargo oferece boas vantagens, como bom salário, benefícios indiretos, planos de carreira e flexibilidade nos turnos de trabalho. Além disso, a carreira de agente aeroportuário permite ao profissional conciliar trabalho, estudos e família, com a facilidade de trabalhar perto de casa e com a segurança de atuar no setor com grande potencial de crescimento para os próximos anos.

Se você se interessou por essa profissão tão importante e fascinante, confira a seguir tudo o que você precisa saber para se tornar um agente de aeroporto.

Requisitos Básicos

Para trabalhar como agente aeroportuário é necessário ter mais de 18 anos de idade, ter o segundo grau completo, ser fluente em inglês ou outra língua e estar preparado para o atendimento ao público, passando uma boa imagem da empresa.

Capacitação

Como muitas outras profissões, ter apenas a qualificação básica pode não ser o suficiente. Por isso, procure se destacar dos outros candidatos. Um curso de formação de agente aeroportuário irá fornecer os conhecimentos necessários sobre o dia a dia da profissão e matérias que vão ajudar a moldar no candidato o perfil ideal buscado pelo mercado.

Falar uma segunda língua é essencial. O agente interage bastante com os passageiros, não apenas no atendimento diário, mas também na solução dos mais variados problemas que podem acontecer antes e depois do voo. Por isso, além do inglês, invista em cursos de outras línguas, especialmente o espanhol, fundamental em grande parte dos aeroportos brasileiros.

Por fim, procure cursos que possam complementar seus conhecimentos em atendimento ao público, gestão de pessoas ou qualquer outra formação que seja relevante para a profissão. Eles serão considerados um diferencial importante no momento da contratação.

Perfil Ideal

O agente de aeroporto deve ser um profissional apto a lidar com situações que vão desde a rotina diária da profissão até situações de estresse e emergência. Essa é uma profissão bastante exigente e que requer muita disciplina.  Para isso, o candidato deve trabalhar em alguns aspectos pessoais essenciais para a profissão, como paciência, comunicabilidade, capacidade de liderança, firmeza, humildade, capacidade de lidar com públicos de diferentes culturas e realidades, além de saber administrar situações tensas.

Vale lembrar que o agente de aeroporto é o cartão de visitas da empresa. Por isso, esse profissional deve prezar sempre pela qualidade e educação no atendimento. Deve ainda ser ágil e ter jogo de cintura, buscando atender, sempre que possível, todas as demandas dos passageiros.

Aparência

Como comentamos, o agente de aeroporto é o cartão de apresentação da empresa e, por isso, manter boa aparência é fundamental. Vale ressaltar que não estamos falando de beleza, mas sim de cuidado e asseio pessoal. Bons modos, postura correta, vestimenta impecável, cabelos bem cortados e unhas aparadas são alguns dos aspectos que serão observados ao longo do processo seletivo e cobrados no ambiente de trabalho.

Currículo

Na hora de procurar um emprego, preparar um currículo impecável, bem elaborado e sem erros de português é essencial. Quando preparar seu currículo, crie uma versão específica para o cargo de agente de aeroporto, destacando qualidades úteis para a profissão, como boa comunicação ou experiências prévias com atendimento ao público.

Diferentemente do processo seletivo para comissários de voo, que  busca profissionais para atuar em todo o país, a seleção para agentes aeroportuários é feita para atender demandas locais ou regionais. Por isso, além de cadastrar seu currículo no site da empresa, envie uma cópia pelo correio e garanta que ele chegue nas mãos certas que, nesse caso, é o gerente da base. Se possível, entregue-o pessoalmente.

Em seu curso de formação de agentes, o CEAB ajuda a montar currículos e prepara os candidatos para as entrevistas, treinando os alunos com técnicas de apresentação para dar mais segurança ao longo do processo.

Quando contratado, o agente de aeroporto geralmente passa por um treinamento de 30 dias dentro da própria companhia aérea, familiarizando-se com os costumes e o equipamento necessário para o dia a dia do trabalho e aprendendo a lidar com as diferentes situações com as quais irá se deparar ao longo da carreira.

Agora que você sabe um pouco mais sobre como se tornar um agente de aeroporto, que tal dar um passo à frente e realizar esse sonho? O CEAB oferece cursos presenciais e a distância para a formação de agentes de aeroporto. No cronograma, o aluno estudará várias matérias que vão auxiliá-lo ao longo do processo seletivo e em toda a carreira. Disciplinas como viagens e turismo, apoio ao turista, marketing pessoal, primeiros socorros e inglês e espanhol são alguns dos tópicos que o futuro agente irá estudar durante o curso.

O aluno formado pelo CEAB sai preparado para atuar no atendimento de aeroportos e com uma vasta especialização no mercado de turismo. Isso abre portas para a atuação não apenas em companhia aéreas, como também em agências de viagens, hotéis e vendas de passagens aéreas.

Ficou interessado? Acesse nosso site, conheça nossos cursos e condições e comece a estudar agora mesmo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here