Um procedimento que o comissário de voo deve saber de có são os instruções básicas de segurança de voo. Aquele speech que é repetido todo voo, de extrema importância, que pede muita atenção dos passageiros. 

Devido a isso, após que todos estiverem sentados, os comissários de voo estarão estrategicamente em pé no início da aeronave para explicá-los, inclusive em gestos, o que se deve fazer em caso de emergência. Sendo o próximo passo, checar passageiro por passageiro, para verificar se afivelaram os cintos. Os comissários checam as portas para saber se estão fechadas e se as ecorregadeiras armadas, por onde evacuam os passageiros quando abertas e infladas. 

O comissário de voo sempre deve informar, também, as posições de impacto, pois protegem a cabeça, pescoço e órgãos vitais, diminuindo as chances de acidente letal. Pois são eficientes em situações de pouso de emergência e evitar a desaceleração brusca cause algum dano, que é um fator determinante na segurança do voo.
comissárias-de-voo-checando-os-cintos-de-segurança
comissárias de voo checando os cintos de segurança

Máscara de oxigênio e sua importância na segurança de voo 

Por conta da pressurização e por voarem em grandes altitudes, as máscaras de oxigênio são necessárias. Caso ocorra uma despressurização, os tripulantes e passageiros, conseguem ter oxigênio suficiente para respirar tranquilamente. Esse suporte é necessário até que o avião desça para uma altitude que permita respirar normalmente – quase sempre abaixo de 3.000m (10.000 pés) -. É muito importante entender porquê você deve por a máscara primeiro em você e, depois, ajudar o outro. Pois quando está em uma altitude de voo, o tempo que consegue se manter consciente, com despressurização, é de 20 segundos, sendo muito rápido perder a consciência.

Pouso de emergência

Apesar de muitos pensar que, em caso de pouso de emergência, é porque há possibilidade de acontecer ou já há algum acidente. Na maioria das vezes, esse pouso acontece na pista do aeroporto mesmo. Mas também, em alguns casos, a aeronave pode pousar bruscamente ou mesmo na água.

O comissário deve sempre citar todas as instruções de saída de emergência para manter a segurança do voo. Pois nunca se deve abrir a porta de uma aeronave, somente mesmo em emergência. Ainda assim, é necessário conferir se não há qualquer indício de fogo, combustível ou objetos cortantes, ante e abri-la, mesmo nesses casos. 

Por isso, é sempre importante que o comissário de voo avise e reforce sobre as informações que estão no cartão de instruções de segurança, que ficam junto à poltrona. Além das instruções da tripulação aos passageiros, pois eles são responsáveis da segurança do voo e são profissionais altamente qualificados para isso. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 − um =