O que fazer para se tornar uma aeromoça nacional?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

aeromoça nacional

Já pensou ser paga para viajar por todo o Brasil? Toda semana visitar uma cidade nova e ter a oportunidade de conhecer todo o território nacional sem ter que esperar as férias chegarem?

Essa é certamente uma perspectiva excelente para a vida e que atrai muitas mulheres para a profissão de aeromoça nacional. E para tornar esse sonho realidade, existem alguns passos que devem ser seguidos, como toda profissão.

Para te ajudar nessa missão, preparamos um post completo com todas as dicas que você precisa saber. Veja agora as dicas que separamos e comece a colocar seu plano em prática.

Entender os pré-requisitos para se tornar aeromoça nacional

Apesar de essa ser uma profissão bastante tentadora, existem alguns pré-requisitos básicos para ingressar na carreira de aeromoça nacional. O primeiro deles é ser maior de idade e ter pelo menos 1,58m de altura. Esses dois pontos são importantes porque você deverá ser capaz de tomar decisões maduras e responsáveis em pouco tempo. Já o segundo ponto diz respeito à sua capacidade de transitar normalmente pela aeronave e alcançar todos os compartimentos dentro dela.

Fazer o curso preparatório e passar na prova da ANAC

A prova da ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil) é obrigatória para todos que desejam ingressar nesse setor. Ela garante que você terá todos os conhecimentos necessários para lidar com as diferentes situações que circundam o dia a dia de uma aeromoça nacional. Para tanto, você deverá se matricular e fazer um curso preparatório. Ele contempla todas as disciplinas que caem na prova, além de outras que não são exigidas, mas que serão fundamentais para que você se torne uma boa profissional.

aeromoça nacional

Gostar de estudar e se atualizar constantemente

Ao contrário do que possa parecer, apenas ser aprovada no teste da ANAC não é suficiente. É importante que você goste bastante de estudar e esteja em constante atualização. Isso porque uma aeromoça nacional terá que lidar com pessoas de diferentes culturas e costumes. Para que o convívio seja sempre respeitoso e o mais prazeroso possível aos viajantes, você deverá entender como eles enxergam o mundo.

O mesmo vale para mudanças de regras e normatizações que afetam a sua profissão. Desde a legislação propriamente dita, até os movimentos de mercado que impactam o funcionamento das companhias aéreas.

Aprender outros idiomas é fundamental

Apesar de a aeromoça nacional fazer apenas voos domésticos, é importante que ela saiba se comunicar em outros idiomas, principalmente o inglês. Isso porque eventualmente terão estrangeiros a bordo da aeronave e eles terão que ser tratados e atendidos com a mesma qualidade e atenção que os brasileiros. Saber outro idioma fluentemente também facilita a promoção, caso você queira ser promovida para o cargo de aeromoça internacional. Você pode começar pelo inglês e depois evoluir seus conhecimentos para o espanhol, francês, alemão e muitas outras línguas.

Para se tornar uma aeromoça nacional é importante ser dedicada e cumprir todos os pré-requisitos exigidos por lei. Ou seja, fazer o curso preparatório e ser aprovada na prova da ANAC. Também deve se atualizar constantemente e nunca deixar o estudo de idiomas de lado. Acima de tudo, é importante gostar de aviação e de receber bem todos os passageiros. Afinal de contas, essas profissionais são a cara da companhia aérea e a tradução do que cada empresa acredita para o mercado.

Você tem o sonho de se tornar aeromoça nacional? Conte nos comentários qual será o seu primeiro passo para fazê-lo se tornar realidade.

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×